Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A melhor notícia que recebi

por sacha hart, em 18.10.15

Lembram-se de Ashraf?  O pequeno refugiado sírio sobre quem já vos tinha falado? O seu rosto infantil, inocente e sorridente faz parte dos meus pensamentos diários desde a primeira vez que o vi e isso nunca mudou até aos dias de hoje. Lembrando os milhões de refugiados sírios, era inevitável pensar neste pequenino que me roubo o coração há já tantos meses. E cada vez que pensava nisto encolhia-me perante a possibilidade de que esta criança não tivesse um destino de oportunidades, segurança e paz.

Quando em Março escrevi à UNHCR e recebi uma resposta, estava longe de imaginar que as minhas preces fossem ouvidas, de que o Ashraf e a sua família tivessem a chance de viver fora do campo de refugiados, numa casa decente e em segurança. De que Ashraf e os seus cinco irmãos mais velhos pudessem voltar a estudar, a conviver num ambiente pacifico e a ter um futuro num país que lhes garantisse oportunidades. 

Hoje descobrir que o meu desejo se concretizou. Pude ver, pela primeira vez, uma nova imagem do pequeno Ashraf, agora uma rapazinho de quatro anos que está sempre a correr, a brincar ou a zangar-se, como revela o seu irmão mais velho, Hany, na série do Channel 4 "Looking for Hany".

 

 

À família de Ashraf foi concedida uma enorme dádiva. Após dois anos a viver num campo de refugiados da UNHCR, foi-lhes oferecido asilo por parte do Canadá. De Homs, Síria, para Regina, Canadá, com uma paragem em Bekaa Valey, Líbano, durante dois anos. 

Não vos consigo dizer o quanto estou feliz, delirante e entusiasmada por esta família que nunca conheci mas que estimo. Como dormirei um bocadinho mais tranquila sabendo que estão num sitio melhor. Mas, dito isto, é importante sublinhar que a luta não acabou. Ainda há milhares e milhares da famílias espalhadas pelo mundo em situação de risco. Milhões de refugiados que necessitam de milagres como este. Centenas de milhares deles já aqui na nossa Europa. Não acabou. Não está perto de acabar. Só dormirei tranquila no dia em que também estas pessoas tenham a vida que merecem - com liberdade, igualdade, dignidade e paz. 

 

A série que acompanha a mudança da familía de Ashraf desde o Líbano até ao Canadá tem cinco curtos episódios e podem visualizá-los neste link: UNHRC Tracks. Merecem ser vistos e partilhados. É um testemunho sem igual daquilo que uma famlia de refugiados passa. Tremendamente inspirador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:01

V

por sacha hart, em 25.05.15
"I write entirely to find out what I’m thinking, what I’m looking at, what I see and what it means. What I want and what I fear."

— Joan Didion

 


 

 

Por favor que a pressão da escola e dos exames acabe depressa.

Estou farta deste bloqueio de escrita que dura há meses.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:55

Dear Sara,

On behalf of Ninette Kelley, UNHCR Representative in Lebanon, I would like to start by thanking you for your nice email and your words of encouragement and support.   These mean a lot to Ninette and all of us and we would like, with your approval, to post your email to our Facebook page so that all people working to help refugees in Lebanon can see your kind words.

We are honored to see the interest you have developed in the refugee cause and very grateful for your donation. Your contribution will make a real difference to refugees’ lives. 

We’ll make sure that, next time one of our staff members go to the camp where Ashraf lives, we give him a big hug on your behalf. 

Warm regards,

Olivier Madjora

 

O meu coração está a bater a mil neste momento.

Isto é apenas só mais um exemplo de que o contributo de qualquer um, por muito pouco que seja, é uma ajuda preciosa. Eu doei a minha curta mesada, mas em retorno recebi muito, muito mais. "Next time one of our staff members go to the camp where Ashraf lives, we give him a big hug on your behalf".  A minha felicidade neste momento será uma memória que estimarei para sempre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:06



Lisboeta de 20 anos a aventurar-se em Erasmus. Blogger, leitora e pseudo-escritora nos tempos livres. Entusiasta e sonhadora.


+ sobre mim

→ seguir perfil




Mensagens

Design Portefolio


Facebook Page



feed