Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tendências literárias

por sacha hart, em 06.02.15

Hoje venho falar de um assunto que, enquanto leitora, me deixa preocupada em relação ao futuro da literatura best-seller. Não querendo ofender ninguém, peço que leiam o meu post enquanto uma mera opinião pessoal, e não uma crítica aos gostos dos leitores em geral.

 

Acontece que se detecta um padrão nas passadas modas literárias. As modas começam por ser tendências que evoluem até serem aceites pela maioria do público-alvo. Acontece na literatura quando toda a gente quer ler o mesmo género de livro, as mesmas autoras, às vezes um único e badalado livro. É normal e não acho problema nenhum, pois cada um lê aquilo que quer. O que me preocupa é, na verdade, a progressão que estas tendências tem tomado, e até onde vão. São cópias baseadas noutras cópias. Onde está a originalidade?

 

Há uns anos atrás, o mundo estava louco por Crepúsculo. A temática dos vampiros enchia prateleiras. Nada parecia tão romântico como a história de uma humana que se apaixona perdidamente por um vampiro. Os best-sellers do momento têm protagonistas com presas e que gostam de beber sangue. É isto que mais se vende, por isso é claro que as editoras investem no género. Durante uns três, quatro anos é assim, enquanto também se vive a loucura da saga Twilight em cinema. Até que o romance da Bella e do Edward (ou de qualquer outro ser sobrenatural, mas especialmente vampiro) deixa de ser novidade. 

Surge uma nova tendência.

 

Qual foi a nova tendência? Um livro inspirado na história da Bella e do Edward. A novidade? Inseriram a componente erótica (em falta no outro) ao máximo, introduzindo ao mundo da leitura mainstream a sensualidade do bondage (?). Foi esta a criatividade da E.L James, que lhe valeu milhões de cópias vendidas e fez milionária. A tendência virou moda e 50 Sombras de Grey tornou-se o modelo a seguir. Nas prateleiras das livrarias estão esparramadas os novos best-sellers, os romances eróticos de quem toda a gente fala. Tornou-se realmente difícil ir à procura de um romance que não tenha alusão ao erotismo ou uma comparação ao 50 Sombras de Grey! Parece que, se não envolver sexo escaldante e duro, não é digno de destaque nas livrarias. Aqui está uma das minhas preocupações enquanto leitora: as editoras investem em sexo, não no romance, embora assim lhe chamem. Para variar, investe-se também no filme e tenta-se lucrar até à última gota com a história de Anastasia e Christian Grey. 

 

Entretanto já surgiu uma nova tendência. Um livro inspirado num livro erótico inspirado pela história da Bella e do Edward. A novidade? A nova forma de captar fãs. A personagem principal alude a uma superestrela mundial, apenas tem um nome diferente (mas semelhante!). Falo da trilogia After, inicialmente escrita sendo uma fanfic com Harry Styles como protagonista. Não creio que a intenção da autora fosse fazer uma fortuna ao ter milhões de directioners a ler a sua história, mas foi isso que aconteceu quando alguma alminha lhe propôs publicar o livro. Não li este livro, nem quero ler, mas a curiosidade existe. Por isso creio que será uma tendência a virar moda.  O conteúdo do livro conheço-o pelas reviews que li. Aparentemente, o que salta à vista é uma relação abusiva e sexo entre personagens fracas. Mas chamam-lhe romance. Não quero fazer juízos porque não li o livro. Mas os direitos deste livro já foram comprados pela Paramount. Seriously?

 

Se esta tendência virar moda, o que virá a seguir? Mais cópias baseadas? Não sei que mais podem inventar. Estão a gastar o tema até à exaustão e, na verdade, não é o melhor género possível para se investir. Sempre existiram livros de erótica. Sempre existiram romances excelentes sem terem de saltar à vista pelas cenas de sexo. Ambos os géneros podem coexistir, até se combinar, mas não num exagero de falta de criatividade como se tem vindo a revelar! Quero poder entrar numa livraria e ter imensos livros por onde escolher, sabendo que cada um será diferente e criativo à sua maneira, e não um paralelo de tantos outros livros! É esta a minha preocupação enquanto leitora.

Quanto ao conteúdo do post, peço desculpa se soei errada, crítica ou estúpida. Ou tudo ao mesmo tempo. Em tempos de frustração literária, não meço as palavras. Contudo, esta é a minha opinião pessoal. Não digo que fazem mal em ler ou gostar destes livros. Eu faço-o, por vezes. Repito: cada um lê o que quer e o que gosta. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00


25 comentários

Imagem de perfil

De twilight_pr a 06.02.2015 às 17:18

Bem entendo o teu ponto de vista eu sou totalmente fan dos livros da escritora do Twilight e fiquei mesmo wow. Sinceramente só soube que era uma fanfiction baseada na história deles porque a minha irmã mais velha o disse, porque senão.. meine gott.
Mas mesmo assim não vejo ali aquela cena para ser a cena da Bella e do Edward na história da E.L.James o que é óptimo... não sei quanto ao livro que estavas a falar que foi baseado num fic do Harry... mas pronto... xP
Beijinhos grandes*
Imagem de perfil

De twilight_pr a 06.02.2015 às 17:41

Eu entendi o que quiseste dizer :3 e posso dizer que já que para mim não ofendeste a minha pessoa em nenhum dos aspectos :) continuo a gostar imenso de ti ^-^
Imagem de perfil

De maryjane a 06.02.2015 às 17:57

eu tb estou mais inclinada para o nude, na verdade... com o vestido preto. e um pormenor qq de cor no cabelo por exemplo ou no cinto.
Imagem de perfil

De Ynis a 06.02.2015 às 19:03

Eu não sabia da existência dessa trilogia e acho que preferia continuar na ignorância. Isto só prova que agora o que interessa não é fazer bons livros e incentivar o público a ler e sim, encherem os bolsos de dinheiro. Agora qualquer um pode lançar livros. É triste e um pouco revoltante.
Não faço intenções de ler o livro. Li e adorei o 50sog porque fez-me entrar num tema literário que ''desconhecia'', o romance erótico, wtv, o que tu lhe quiseres chamar. Mas não exageremos.
Imagem de perfil

De Sara a 06.02.2015 às 19:04

Fantástico Sacha!
Concordo plenamente contigo. Aliás, os bestsellers no geral nunca são livros de outro mundo, são apenas mais comerciais que os outros. É assim.
Obrigada por conseguires explicar aquilo que eu tanto acho, tornando o post simplesmente fantástico. Juro que adoro a tua maneira de escrever.
Imagem de perfil

De Ynis a 06.02.2015 às 19:15

é nestes momentos que me sinto feliz por ser ignorante em assuntos ligados aos one erection .. para ser o cúmulo, só faltava também fazerem um filme do livro. -.-
Imagem de perfil

De Sara a 06.02.2015 às 19:26

Exatamente! Eu por acaso li o 50 Shades, mas não achei mesmo nada de especial. As cenas eróticas só lá estão para o livro vender, porque sem aquilo o livro é mesmo muito fraco (e com aquilo também). Li por curiosidade, para saber do que falo, mas realmente cheguei à mesma conclusão que tu.
Como se não comentasse isso em praticamente todos os teus posts :)
Imagem de perfil

De Sara a 06.02.2015 às 19:43

Ah não sei porquê tinha ficado com a ideia de que não tinhas lido!
Sim, não é nada de especial.

Daqui a nada tenho uma surpresa para ti :)
Imagem de perfil

De Ynis a 06.02.2015 às 19:47

WUT? NÃO ME DIGAS ISSOOOOOO.. O.O A SÉRIO?! A SÉRIO?!!!!
Imagem de perfil

De a 06.02.2015 às 20:49

Ohh, jesus...

Comentar post


Pág. 1/3




Lisboeta de 19 anos a aventurar-se em Erasmus. Blogger, leitora e pseudo-escritora nos tempos livres. Entusiasta e sonhadora.


+ sobre mim

→ seguir perfil



Life Abroad



Mensagens

Design Portefolio


Facebook Page



feed