Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Night Road.

por sacha hart, em 12.04.15

Da primeira vez que entrei na Bookshop Bivar, uma pequena e acolhedora livraria de livros em inglês em segunda mão no centro de Lisboa, estive cerca de meia hora a ver todos os livros que podia. Não reconhecia quase nenhum autor, nem me entusiasmava pelas sinopses que lia. Contudo, algo me dizia que não podia (nem queria) ir para casa sem levar dali alguma maravilha. Então Night Road veio-me parar as mãos. Sem nada saber deste livro, até porque a sinopse não me chamou por aí além,  decidi que seria a minha escolha. Fiquei feliz da vida por comprar o meu primeiro paperback. No entanto, o entusiasmo pouco durou e arrumei o livro durante meses na minha estante. 

Li a primeira página de Night Road várias vezes, mas acabava sempre por o voltar a arrumar na estante. O livro manteve-se uma incógnita para mim até há poucos dias, quando me senti impelida a pegar nele e descobrir, por fim, o que ia além da primeira página. Comecei a leitura sem expectativas algumas... e ontem, de madrugada, terminei-o, plenamente consciente de que Night Road é um dos melhores livros que já li em toda a minha vida.

 

" Moving, haunting and completely unforgettable"  prometia a contracapa. Foi isso e muito mais. Night Road ofereceu-me uma história intensa sobre o amor e a perda. A leitura deste livro foi tão magnética e avassaladora, criando um nó no meu peito que se manteve até à última página.  Kristin Hannah tocou no meu coração de rapariga adolescente, sonhadora e filha de uma mulher maravilhosa, e deixou-me arrepiada com tantos sentimentos que me provocou.

Este livro conta personagens envolventes e de forte carácter. Tudo começa com Lexi, uma órfã que desconhece o significado de família. A vida dá uma nova oportunidade a Lexi quando ela se muda para Port George para viver com a tia-avó Eva. Ao mesmo tempo inicia o secundário e lá que conhece Mia Farraday, uma rapariga introvertida e insegura, com quem a partir do primeiro momento sente uma enorme ligação. Tornam-se ambas o pilar uma da outra e à medida que os anos passam, Lexi sente o que é ter uma família. Os Farraday acolhem-na, especialmente Jude, a mãe de Mia e de Zach, o gémeo, que Lexi ama desde o primeiro momento que viu... Mas Lexi tem de fazer escolhas. Assim como Mia e Zach e até Jude. O último ano do secundário reserva-se surpreendente, para o bem e para o mal.

A história do livro torna-se muito mais intrínseca e intensa a dada altura, mas eu não quero alongar mais o que acontece. A leitura deste livro provocou-me imensa felicidade no inicio, para depois deixar-me cair numa espiral de confusão interior, com o coração pesado e uma compaixão pelas personagens e pelo seu sofrimento. Nem sei como explicar, pois a certo momento já me faltavam as palavras. Tinha de parar a leitura por uns segundos, respirar fundo e fechar os olhos. É quão avassalador este livro se tornou.

O que eu escrevo não faz justiça ao livro. Night Road tem uma história magnificamente trágica, personagens humanas que cometem erros e más decisões e um apelo às emoções do leitor, seja de que idade for. Teve um momebto aterrador, no qual só imaginava o que seria da minha vida sem a minha mãe. É algo que se aborda nese livro: quão profundo é o amor de uma mãe, o amor de uma filha, de uma melhor amiga e de um apaixonado. Por isto e tanto mais, adorei-o tanto, tanto. Fui incapaz de me manter longe dele enquanto não terminasse a leitura, o que explica o meu desaparecimento por estes lados nos últimos dias. 

Infelizmente, não há edições deste livro em português. Ainda assim, encorajo a leitura deste livro a todas vós. É deveras magnífico, poderoso e emocionante. Um dos meus favoritos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:16


7 comentários

Imagem de perfil

De twilight_pr a 12.04.2015 às 20:33

Eu te o ler :D
Sem imagem de perfil

De captainromance a 13.04.2015 às 19:52

Pois, eu também percebo o teu ponto de vista mas opá é tão lindo! E tão caro que até dói!
Imagem de perfil

De Carolina a 13.04.2015 às 20:48

Fiquei curiosa, vai para a minha wishlist!
Não conhecia essa livraria mas sendo tão próxima da minha faculdade, vou remediar esse assunto o mais rápido possível.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Khaleesi a 13.04.2015 às 21:11

obrigada, querida :) não conheço este livro mas parece bem interessante.
Imagem de perfil

De lostdreams a 13.04.2015 às 21:41

É mesmo. Obrigada!
Imagem de perfil

De filipa. a 13.04.2015 às 22:38

obrigada pelo comentário querida, tocou-me :$
beijinho.
Imagem de perfil

De alaska collins a 14.04.2015 às 18:39

Percebo perfeitamente o que queres dizer. Já tive namorado mas entendo na mesma. Estás com um casal super fofo e desejas ter tambem alguem, estas com um casal que se dão pessimamente e só queres é estar sozinha. Mas foi o que eu disse, nós somos a nossa melhor companhia, quando aparecer alguem que te acompanhe então pronto, é aproveitar.
Btw, é raro encontrar alguem com a tua idade que nao anda possuido para ter um namoro só porque toda a gente já teve. Boa atitude!

Comentar post




Lisboeta de 20 anos a aventurar-se em Erasmus. Blogger, leitora e pseudo-escritora nos tempos livres. Entusiasta e sonhadora.


+ sobre mim

→ seguir perfil



Life Abroad



Mensagens

Design Portefolio


Facebook Page



feed