Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Isla and the Happily Ever After

por sacha hart, em 26.01.16

Isla and the Happily Ever After

a imagem não me pertence 

 

Não sei muito sobre coisas perfeitas no mundo, nem sobre as imperfeitas. Muito menos sei sobre coisas que conseguem ser ambas ao mesmo tempo. Isla and the Happily Ever After é contraditoriamente um história perfeita com um rumo imperfeito.  

Tinha um pressentimento que ia gostar muito deste livro. Foi entusiasmante tê-lo finalmente nas minhas mãos, ler as primeiras linhas e adorar novamente a simplicidade bela que Stephanie Perkins dá às palavras.  Ora, só “gostei muito deste livro” não serve. Adorei este livro. Haverá para sempre uma parte de mim que estimará esta história e se lembrará dela por todos os momentos de coração quente e sorrisos ternos que me deu, e também dos momentos apreensivos, de respiração suspensa e ansiedade expectante.

Como último livro da trilogia, Stephanie Perkins desvenda por fim a história de Isla e Josh, já antecipada no primeiro livro da trilogia. Não previa que começasse em Manhatan, florescesse em Paris e se tornasse real em Barcelona. Tudo acontece repentinamente mas não deixa de ser encantador e electrizante.

Na verdade, mais do que em qualquer outro livro de Stephanie, perdi-me nos sonhos de Isla e Josh. Literalmente, tudo na história sobre estes dois era belo. Apaixonante, juvenil e um pouco demasiado improvável para ser real. Não interessa. Amei. Para além do casal, outras personagens enriquecem este livro de uma maneira que não existem nos outros volumes. Kurt Cobain, o melhor amigo de Isla, e Hattie, a irmã mais nova dela. Embora tenham havido momentos de incerteza e mágoa, sentimentos confusos e decepção, erros que pareciam irreparáveis…tudo é colmatado no fim. Sem dúvida, um final feliz.

Atinge a perfeição quando voltamos a rever Anna e Étienne, Lola e Cricket. Todos juntos dão, no fim, um sentido a este livro que vai além daquilo que eu posso pôr em palavras. Poderia ficar aqui eternamente a dizer-vos tudo e mais alguma coisa que adorei nos três livros. Especialmente no último, que conseguiu talvez superar o primeiro. Não sei. São muitos sentimentos em relação a estes dois livros de tal modo que não consigo pensar claramente. É uma trilogia que valerá sempre a pena reler. Porquê? Nesta fase da minha vida – sim, a “dura” adolescência - relacionei-me com as personagens. Anna e Isla pensam um pouco da mesma maneira do que eu. Partilhamos incertezas e fraquezas. Se elas as conseguiram superar, eu também irei. Lola surpreendeu-me pela sua determinação em assumir quem realmente é. Étienne será inesquecivelmente o rapaz mais encantador sobre quem já li e Cricket por ser o rapaz atencioso e adorável que todas as raparigas gostariam de ter como vizinho. Por último, Josh, o que mais me inspirou. Um rapaz que procurava ser compreendido e ser feliz. No fim, conseguiu ambas.

 

I smile up at him. “It’s beautiful. But what comes next?”

“The best part”. And he pulls me back into his arms. “The happily ever after”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:02


11 comentários

Imagem de perfil

De filipa. a 26.01.2016 às 18:29

Também estou completamente solidária com a Sofia, aliás refiro isso no meu post...e de facto o teu comentário foi a mensagem que eu quis passar, todo o mediatismo que ela própria cria em torno dela, chega a ser chocante. E eu no comentário ao filme não quis ir tão longe, mas de facto, ali parece que está mais a Sofia atriz que a Sofia mulher. É complicado...
Beijinho.
Imagem de perfil

De Ritz a 26.01.2016 às 18:41

Também gostei imenso deste livro! Mas tenho um lugar demasiado especial para o Anna and the French Kiss.
Imagem de perfil

De • Smartie a 26.01.2016 às 20:42

Ainda bem que gostaste muito do livro :)
Beijinhos
Imagem de perfil

De twilight_pr a 26.01.2016 às 21:37

Tenho realmente de ler esta trilogia, fiquei mesmo muito encantada :)
Imagem de perfil

De liz collingwood a 27.01.2016 às 00:03

eu quero e desejo tanto ter os livros da Perkins maaaas está tudo esgotado. principalmente, Anna e o beijo francês. que é uma história um pouco parecida com a minha ihih
Imagem de perfil

De lostdreams a 27.01.2016 às 13:14

Eu ando agora a ler o livro da Lola, e agora deixaste-me curiosa para ir ler esse <3
Beijinhos
Imagem de perfil

De Ritz a 27.01.2016 às 13:25

São mesmo! Stephanie Perkins é definitivamente um must read!
beijinho
Imagem de perfil

De liz collingwood a 28.01.2016 às 13:45

oh obrigada, mas realmente estou um pouco longe. lê-se bem em inglês?
Imagem de perfil

De sacha hart a 28.01.2016 às 19:04

Lê-se muito bem em inglês. A autora não usa muitas palavras estranhas nem frases floreadas.
Imagem de perfil

De Meg a 30.01.2016 às 18:56

Eu já li o livro e adorei
Imagem de perfil

De Meg a 30.01.2016 às 19:02

Muito obrigada

Comentar post




Lisboeta de 19 anos a aventurar-se no segundo ano de faculdade. Blogger, leitora e pseudo-escritora nos tempos livres. Entusiasta e sonhadora.


+ sobre mim

→ seguir perfil





Mensagens

Design Portefolio


Facebook Page



feed