Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




dois anos sem ti, rach

por sacha hart, em 18.02.14

 

 

Engraçado, como o tempo passa depressa. E muda num abrir e fechar de olhos. Faz dois anos desde que a Rachel morreu, e no entanto parece que foi há tão pouco tempo porque a ausência dela continua a ser um golpe  difícil de acreditar.

Ainda parece que foi ontem quando falei com ela pela primeira vez. São coisas que não se esquecem, palavras que ficam gravadas na memória. Tudo aquilo que ela me disse, não esqueci. Da minha parte ficaram tantas coisas por dizer, tantas. O maior arrependimento continua a ser não ter aproveitado a chance de a conhecer pessoalmente e de não lhe ter agradecido por tudo (que infelizmente só compreendi na sua totalidade depois de ela morrer).

Se fosses viva, Rach, gostaria de ter passado estes dois anos a conhecer-te melhor e a falar contigo pessoalmente. Acredita, um desejo que sempre tive foi conhecer-te em pessoa.  

É impressionante como nada disto é possível, mas de certa forma continuo a desejá-lo. Talvez o desejo seja eterno, pois é uma vontade que está sempre presente quando penso nela. O que é todos os dias, vá-se lá saber porquê.

Restam-me as memórias daquilo que ainda aconteceu, dos sorrisos e lágrimas que caíram, das frases simpáticas que, mesmo depois de ela morrer, chegaram até mim. Estou agradecida por a ter conhecido, muito agradecida mesmo.

Espero que estejas em paz, querida amiga. Nunca te esquecerei, prometo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:30


21 comentários

Imagem de perfil

De V. a 18.02.2014 às 18:49

Perder alguém é sempre muito complicado e a cada dia que passa vamos nos lembrando de tudo e do tempo que passou. Eu compreendo-te, querida, e se precisares de desabafar, podes contar comigo.
Imagem de perfil

De • Smartie a 18.02.2014 às 18:58

É muito complicado perdermos alguém que muito nos ajudou e marcou, por isso força querida...se precisares de algo, já sabes :3
Imagem de perfil

De Silver Sky a 18.02.2014 às 19:00

eu percebo aquilo que sentes...eu passei por algo parecido...não podia ser muito próxima da pessoa...mas era-mos conhecidos...sempre que nos viamo-nos na rua falavamos...morreu no verão que passou e até agora penso nele. penso como a vida é curta e frágil...
Imagem de perfil

De Silver a 18.02.2014 às 20:02

O pior sentimento depois de uma pessoa morrer é sentirmos que não aproveitámos o suficiente (senti isso, por exemplo, com a minha avó), mas por mais momentos vividos o sentimento será o mesmo, de que não foi suficiente...
Pelo menos fizeste parte da vida dela e ela fez parte da tua vida positivamente, e o melhor é que as memórias foram boas :)
Imagem de perfil

De Ynis a 18.02.2014 às 20:38

eu não te vou dar apoio, nem dizer que lamento, como o pessoal tem dito aí nos comentários, porque na realidade, não lamento, nem a conhecia sequer.. e sim, sou uma criança insensível e foda-se..
berra, chora, chama-me nomes, joga-me pragas, faz o que tu quiseres, mas a rapariguinha morreu e isso não vai fazer com que ela volte. tá enterrada e mais do que morrida, se é que essa palavra exista.
foram dois aninhos sem a moça, caiu-te algum dente?
eu compreendo que seja bom relembrar alguém, que seja difícil fazer certas coisas, dizer certas coisas, que podem-nos levar a pensar nessa pessoa, alguém que foi importante para nós. mas dude, a vida dá imensas voltas, vais conhecer imensas ''rachel'', vais ter namorado, vais deixar de ser virgem, vais fazer uma plástica para voltares a ser virgem, vais meter botox, vais ser freira, vais ser um cocó grande e ela vai estar morta na mesma. outras pessoas que tu gostas também irão morrer, tu vais morrer, eu vou morrer, todos nós morremos!
não a relembres com os ''se''.. se fosse viva, se eu tivesse dito isto, se tivesse feito aquilo, blablablableblibloblu.. deves relembrá-la como um passado-presente e não como um ''se''..
e eu sei que disse bastante merda, mas, já podes ir catar piolhos.

xau.
Sem imagem de perfil

De Margarida. a 19.02.2014 às 11:18

Bem eu não ia tecer qualquer tipo comentário sobre isto mas, como também a mim me toca e como já perdi alguém muito jovem e por quem tinha muito afecto, não consigo calar-me.
Acho o teu comentário de uma falta de respeito do tamanho deste mundo e quem sabe do resto do universo. Pergunto-me onde para a tua falta de noção mas acho que não para não é? Podes ser insensível, podes estar-te nas tintas para se ela morreu ou não, podes simplesmente pensar que não lamentas a morte dela mas há coisas que não se dizem, só se pensam e acho que tu ,aqui, perdeste uma bela oportunidade para pensares apenas e não teceres qualquer tipo de comentário.
Mas o que me choca mais nisto tudo nem é a tua falta de noção é o facto de noutro comentário, algures por aqui , dizeres que não sabias o que comentar e saiu-te isto, eu pergunto-me, achas normal? Se não sabias o que comentar , e para seres insensível como foste perante a dor de alguém que, neste post está apenas a recordar alguém de quem tem saudades e a pensar no que poderia ou não ter feito com essa pessoa (o que é perfeitamente normal quando se perde alguém com quem achamos que podíamos ter feito mais e não fizemos, mas tu não sabes o que é isso , pois não? Claro que não). Então, para uma próxima não faças este tipo de comentários, a tua liberdade de expressão acaba quando a dor dos outros começa. Aprende que a vida é demasiado curta e se te acontecer alguma coisa vão haver muitos cocós grandes que vão sentir a tua falta e que não vão ser capazes de pensar "ela está morte e enterrada" .
Imagem de perfil

De Ynis a 19.02.2014 às 13:47

oh querida, a conversa é entre A e B, o C não se mete :)
não gostaste do que comentei? pois, problema o teu.. não me conheces de lado nenhum sequer.
a dona sacha perfeitamente, que digo coisas estúpidas e sem noção, quer seja em assuntos sérios ou assuntos normais. não é para a magoar, nem de tão longe (mesmo que eu seja meio sádica quanto a ela) se lhe digo aquilo é para ela ver o quão cruel pode ser a vida e que não devemos pensar em SE's,, eu não lamento morte nenhuma, nem a dos meus familiares lamento, quanto mais!
e se acho normal? o normal é aborrecido!
ham.. se fosses inteligente, vias a minha ironia em certas palavras.
sou assim, fica na tua, que eu fico na minha :)

peace.
Imagem de perfil

De hope a 19.02.2014 às 17:35

Ninguém com dois dedos de testa precisa ou quer comentários infantis como os teus. Antes de mais aprende a respeitar a dor dos outros, é um dever que temos. Ninguém precisa de ser relembrado de quão dura e cruel a vida é, todos sabemos perfeitamente disso, quando alguém que é nosso ente querido morre, dói sempre, é perfeitamente normal recordar essa pessoa, pensar como seria se ela fosse viva, é o que nos temos de mais humano, os nossos sentimentos. Se não concordas com os outros aprende a usar as palavras de uma forma menos estúpida e inconveniente.
És assim? Pois, ninguém te pediu para mudares, apenas a teres respeito pelas outras pessoas.
Não lamentas pelos teus familiares? Tenho pena, espero que seja reciproco.
Se fosses inteligente vias como ninguém gosta dos teus comentários.

''peace.''
Imagem de perfil

De Ynis a 19.02.2014 às 17:49

talvez a tua burrice seja assim enorme, ao ponto de não perceberes português, mas não faz mal. já agora, eu SEMPRE, mas SEMPRE faço comentários infantis neste blog,não gostas, vira o prato, ou pede outro.
volto a repetir, não lamento a morte dela, nem a conheço, é-me igual. e acho tão, mas tão estúpido as pessoas lamentarem a morte uma das outras, quando provavelmente essa pessoa está muito melhor lá, do que cá. é óbvio que os seres humanos têm sentimentos e como tal, sentem falta da pessoa, mas deviam era estar felizes por a terem conhecido, pensarem que provavelmente essa pessoa não quer tristeza ao ser relembrada.
quando ela me disser ''não gosto dos teus comentários'', penso um pouco antes de comentar. até lá, engole e não te engasgues.
Imagem de perfil

De Ynis a 18.02.2014 às 20:52

eu sei dude, eu sei.. eu só não sabia o que comentar, como sempre.. mas veio mesmo cá de dentro, melhor comentário de todos.. u_u
Imagem de perfil

De Cris a 18.02.2014 às 21:14

ainda bem :)
é sempre complicado quando perdemos alguém importante para nós, e por mais tempo que passe iremos sempre relembrar essa pessoa
beijinhos
Imagem de perfil

De Yria Rivers a 18.02.2014 às 21:36

é difícil encontrar pessoas que nos ajudem a sério quando estamos tristes e raramente encontramos
Sem imagem de perfil

De Eva a 18.02.2014 às 23:56

lamento muito.
Imagem de perfil

De liz collingwood a 19.02.2014 às 00:13

acredito que não deve ter sido fácil, pq não é fácil perder alguém que gostamos muito, e nem sequer imagino isso porque seria uma dor forte. no entanto ela fica na tua memória e só terás que a relembrar das boas coisas entre vocês. força na maionese sweet girl <3

Comentar post


Pág. 1/2




Lisboeta de 19 anos a aventurar-se em Erasmus. Blogger, leitora e pseudo-escritora nos tempos livres. Entusiasta e sonhadora.


+ sobre mim

→ seguir perfil



Life Abroad



Mensagens

Design Portefolio


Facebook Page



feed