Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A paisagem de 2017

por sacha hart, em 29.11.17

Com esta é que o Sapinho me tramou: desafiou-me a escolher a paisagem do meu ano. Face a todas as aventuras que me levaram a sítios incríveis em 2017, responder a esta pergunta tornou-se tão impossível quanto decidir qual o meu filme favorito ou de que livro gosto mais. 

 

Pôs-me a pensar na Serra da Estrela coberta de gelo sob um pôr de sol inesquecível, nas inúmeras paragens pela nossa costa portuguesa pelas quais me continuo a apaixonar, nos tons terracota de Perugia em Itália, nos sonhos acordados em Lake Bled na Eslovénia, nos encantadores centros históricos em Viena, Praga e Cracóvia, os canais encontrados pela Holanda fora ou, simplesmente, qualquer vista de um dos nossos miradouros de Lisboa que me arrabatam de cada vez que lá estou. 

 

No entanto, sei no meu coração sem dúvida alguma, que a paisagem do meu ano é aquela de Buda e Peste separadas pelo rio Danúbio, duas partes que se complementam e transformam na cidade que chamo casa há mais de 3 meses e da qual estou prestes a partir. 

 

DSC_0265.jpg

DSC_0866.jpg

As cores de Novembro em Budapeste. 

 

Mais do que marcar o meu ano, esta paisagem marca a minha vida. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:49


2 comentários

Imagem de perfil

De • Smartie a 29.11.2017 às 19:25

E que linda paisagem é!
Beijinhos :)
Imagem de perfil

De sweet a 30.11.2017 às 10:20

Muito lindo Budapeste

Comentar post




Lisboeta de 20 anos a aventurar-se em Erasmus. Blogger, leitora e pseudo-escritora nos tempos livres. Entusiasta e sonhadora.


+ sobre mim

→ seguir perfil



Life Abroad



Mensagens

Design Portefolio


Facebook Page



feed